Pesquisar este blog

sábado, 7 de maio de 2016

Cidadão faz desabafo sobre o não pagamento de seus proventos e o atraso no inicio das aulas da escola São Judas Tadeu. VEJA!

Por Marcos Soares


Amigos e amigas, é lamentável postar nesta rede social as palhaçadas e a falta de respeito com os funcionários concursados da educação desta cidade, alguns funcionários receberam os seus proventos ontem dia 06/05, sabemos que qualquer órgão municipal, estadual ou privado tem até o 5º dia útil para pagar seus funcionários conforme a lei. Porém aqui em Tutóia muitas vezes não acontece isso. Em plena data comemorativa de muita importância e respeitada que é o dia das mães, eu e outros funcionários ficamos a ver o navio Aline Ramos ali encalhado na Praia da Barra. Será que a Sra. secretária de educação não sabe que todos os funcionários assim como ela também tem, temos os nossos compromissos a pagar e cumprir? Pra onde vai os valores depositados do MEC para pagar os funcionários todos os meses? Ou será que o INSS bloqueou uma parte para pagar o rombo junto aquele órgão dos repasses que não estão sendo efetuados mensalmente? Eu já fui procurar saber da minha situação quanto aos repasses em atraso dos descontos no meu contra cheque e que não chegam na Previdência Social, inclusive falei diretamente com a Sra. secretária de educação a qual me encaminhou para um contador da prefeitura e ao chegar lá no escritório, fui informado que o mesmo a tempo não pisa naquele escritório o qual tive outras orientações por um funcionário que lá estava. Enquanto isso os bens estão crescendo, Pousada Paladar, Pousada dos Viajantes(essa embargada pela justiça), depósitos de materiais de construção, terrenos, imoveis e fora o que ninguém sabe. Será que a Sra. secretária que assumir minhas contas para pagar? Duvido!

Enquanto isso nós ficamos calados e bem calados esperando pela boa vontade para receber os nossos proventos. Vamos pras ruas protestar de uma forma parcial e reivindicar os nossos direitos. Onde já se viu uma escola entrar em reforma em pleno inicio do ano letivo e até agora ainda está em reforma, deixando os alunos prejudicados sem aulas e sem direito a férias! é raiva, é indignação de ver tantas mazelas nesta cidade e neste município, escola que os alunos tem que levar água de casa para beber porque na escola não tem água, como acontece na Escola Expedito Baquil, hospital que era pra ter uma reforma, só foi pintado a frente e pelo que percebo, ali não tem mais obras nenhuma. 


Então, a quem recorrer?


Nenhum comentário:

Postar um comentário