CASA BELA - MÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS

Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

População se revolta com retorno de Sebastião Moreira a Prefeitura de Santa Quitéria


O desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos determinou, nesta quarta-feira (09), o retorno de Sebastião Araújo Moreira ao comando da Prefeitura de Santa Quitéria. A decisão anula a sentença dada pelo desembargador Marcelino Chaves Everton que afastou o gestor do cargo.

O prefeito estava afastado desde o dia 24 de outubro em virtude de atrasos constantes no pagamento dos salários dos servidores municipais. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Maranhão.

Sebastião Moreira

Ao julgar o mandado de segurança impetrado por Sebastião Moreira, o magistrado afirmou que a medida tomada anteriormente foi drástica. “A medida foi drástica, pois o próprio TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) prevê outras medidas judiciais para fazer cumprir as obrigações (fls. 87).”

Para José Joaquim, o efeito suspensivo no Agravo de Instrumento deveria ter sido concedido para se evitar prejuízos maiores ao município.

Em trechos da decisão, o desembargador fala, ainda, que o afastamento do prefeito “guardam indícios de teratologia” e por isso não tem motivos para que Sebastião Moreira fique fora da Administração Pública, uma vez que meses de novembro e dezembro são de transição política dos antigos para os novos gestores e a mudança brusca e repentina na normalidade democrática só trará prejuízos a essa transição.

Manifestação

Na tarde da última quarta-feira, 09, a população de Santa-Quitéria iniciou uma manifestação na entrada da cidade, com receio do prefeito desviar o restante do dinheiro que vai entrar nos cofres da prefeitura, e continuar os atrasos exorbitantes.

A entrada da cidade no sentido Santa Quitéria a Brejo foi bloqueada com pedaços de madeira e fogo em pneus.


Veja as imagens da manifestação.




Informações do Blog do Foguinho


Um comentário:

  1. Isso é inaceitável... lamentável... Mais uma vez a justiça brasileira deixa a desejar... Triste realidade de um país q ñ houve a população brasileira... Que país é esse????

    ResponderExcluir